Linen + Liberty

31/100

[scroll down for English]

Adoro coser para raparigas. Como não tenho filhas, ou faço roupa de bonecas ou coso para as filhas das minhas amigas.

Tenho gostos bastante específicos em relação a roupa infantil, principalmente feminina. Mesmo assim (ou por isso mesmo), quando chega a hora de fazer peças de roupa para os filhos de outras pessoas hesito sempre imenso. Será que vão gostar das mesmas coisas de que eu gosto? Enfim, este é o drama de qualquer pessoa que faz coisas à mão para oferecer a terceiros, não é?

Este molde de 1981 (Simplicity 9884) enche-me completamente as medidas. Um vestido évasé, fresco, de linhas simples mas com pormenores interessantes como o colarinho e as mangas. Resolvi fazê-lo num linho azul-seco (sei que isto não é propriamente uma cor, mas o tom faz-me pensar em  algo equivalente ao verde-seco, só que em azul) e um retalho de popelina Liberty.

Só quando fotografei o vestido é que me apercebi de que há uma parte que está descorada pelo sol… fiquei bastante desconsolada com isso, mas espero que não se note quando o vestido estiver a ser usado pela pequena MM.

Agora quero encontrar um molde semelhante no meu tamanho!

***

I love sewing for girls. Since I haven’t got any daughters, I either sew for dolls or for my friends’ daughters.

I have quite specific tastes regarding children’s clothes, especially girls’. Even so (or because of it?), whenever I sew for other people’s children I always hesitate. Will they like the same things I do? Well, everyone who makes things to give away faces the same dilemma, right?

This 1981 pattern (Simplicity 9884) is totally up my alley. An A-line dress, understated yet featuring interesting details like the collar and the sleeve bands. I made it in a blue linen and a scrap of Liberty cotton lawn.

Only when I photographed the dress did I notice that some of the fabric is sun bleached… I was so sad when I realised it but I’m hoping it won’t be too noticeable when the dress is being worn by little Miss MM.

Now I want to find a similar pattern in my size!

The Birthday Dress

dress Lisette B6182

dress Lisette B6182

dress Lisette B6182

8/100

[scroll down for English]

Pois lá consegui acabar o vestido a tempo! Cosi as mangas e fiz a bainha na própria manhã dos meus anos, mas não tenho grandes fotografias para vos mostrar. Estávamos todos algo rabugentos, o tempo não estava grande coisa, enfim. Admiro cada vez mais as pessoas que fazem roupa para si próprias e conseguem tirar fotografias giras com a dita roupa vestida, porque eu cada vez tenho menos paciência e vontade para isso…

Este vestido (o molde é o Lisette B6182, o tecido é uma viscose do Spotlight) vem mesmo a calhar porque o Verão finalmente chegou à Nova Zelândia e eu preciso de roupa fresca!

***

So I did manage to finish the dress on time! I sewed the sleeves and the hem on the morning of my birthday but I don’t have any decent pictures to show you the dress properly. We were all a bit grumpy, the weather wasn’t good, etc etc. I so admire people who make clothes and can take nice pictures of themselves wearing those clothes! I find myself less and less inclined to do so…

This dress (the pattern is Lisette B6182, the fabric is a rayon from Spotlight) was made just at the right time because Summer has finally arrived in NZ and I’m in dire need of cool clothes!

 

The Camber Set Dress

the camber set pattern by Merchant & Mills

the Camber Set Dress, pattern by Merchant & Mills, sewn by Constanca Cabral

Cá em casa temos a tradição de estrear uma peça de roupa no primeiro dia do ano. A minha toilette de dia 1 de Janeiro de 2017 foi um vestido feito por mim com base no molde The Camber Set dos britânicos Merchant & Mills, usando um tecido de algodão alinhado que comprei no Spotlight.

A primeira vez que vi este vestido ao vivo foi em Sevilha, na Devanalana. A María levou-me lá e a dona da loja, a Beatriz, estava com um vestido de linho encarnado que a María tinha feito para ela. O vestido era simples mas ultra chique e, na altura, a María recomendou-me este molde. Acabei por comprá-lo, um mês mais tarde, na The Craft Company em Cascais.

Este molde é largueirão e quando, há um ano, experimentei fazer a versão t-shirt, apercebi-me de que tinha de fazer um tamanho abaixo ao indicado na tabela de medidas (comecei por fazer o 14 e depois fiz uma nova prova no 12). No caso deste vestido, tracei o tamanho 12 até à cintura e depois fui esbatendo a linha até ao 14 nas ancas.

O vestido faz-se sem problemas. No entanto, quando o vesti, achei que lhe faltavam umas pinças na cintura e nas costas. Ora vejam:

***

We have the tradition of wearing something new on New Year’s Day. My outfit on the 1st of January 2017 was a dress I made myself, based on The Camber Set pattern by Merchant & Mills, using a cotton I bough at  Spotlight.

The first time I saw this dress being worn by a person was at Devanalana in Seville with María. Beatriz, the shop owner, was wearing a red linen dress that looked very chic and understated. María told me she had made that dress for Beatriz and recommended the pattern to me. One month later I ended up buying myself a copy at The Craft Company in Cascais.

This is an oversized dress and when I tried making the top version last year, I realised I had to size down (my first toile was a 14 and it was much too big, so I made a 12 and it fit). As far as this dress is concerned, I traced a 12 up to the waistline and then blended into a 14 at the hips.

This is a very straightforward dress to sew. However, when I tried it on I felt I needed some contour darts in the front and in the back. Take a look at these photos:

the Camber Set dress before adding contour darts

the Camber Set dress before adding contour darts

(Nesta clássica bathroom selfie podem ver bem como ficou o vestido, e como ficaria se fosse mais ajustado ao meu corpo.)

Agora, eu não percebo nada de ajustes de costura deste género. Adorava ter umas aulas de fitting, mas ainda não consegui encontrar quem as ensine aqui na minha zona. Vou contar-vos como dei a volta à questão: como a minha mãe estava cá, vesti o vestido do avesso, pus-me em frente a um espelho e pedi-lhe que me marcasse umas pinças à frente e atrás (aquelas em losango). Não consegui fazer pinças muito ajustadas porque o vestido ficaria com uns franzidos estranhos atrás, por isso acabei por coser pinças com 1/2” à frente e 1” atrás (não me perguntem porque é que resolvi trabalhar em polegadas em vez de centímetros… na altura pareceu-me mais fácil).

***

(In this classic bathroom selfie you can really see how shapeless the dress turned out and how much it could be improved by adding some sort of shaping at the waist.)

Now, I’m clueless in terms of proper fitting techniques. I’d love to have a few fitting classes but I haven’t had a chance to do so yet. I’ll tell you what I did: since my mother was here, I put the dress on inside out, parked myself in front of a mirror and asked my mum to pin in some contour darts (you know, those ones that look like diamonds). I couldn’t have them too fitted because the dress would start showing some odd gathers in the back, so I ended up adding 1/2” darts in the front and 1” darts in the back.

contour dart on Camber Set Dress

Enfim, foi um ajuste improvisado mas não correu mal. Ainda hei-de experimentar fazer o tamanho 12 (em vez de esta combinação 12-14), para ver que versão me ficará melhor.

***

Oh well, this makeshift solution didn’t turn out too bad. Next time I’ll try sewing up a straight 12 (instead of this 12-14 combo) to see which version would fit me best.

the Camber Set Dress with contour darts

the Camber Set Dress with contour darts

Há anos que tenho vontade de fazer roupa para mim e, de facto, tenho feito algumas peças de vez em quando. No entanto, parece-me que a única maneira de fazer progressos neste campo é comprometendo-me a um plano mais estruturado: em 2017 vou tentar fazer uma peça de roupa por mês. Manter-vos-ei a par das minhas tentativas!

***

For years I’ve wanted to sew my own clothes and I’ve actually made a few pieces here and there. However, I feel that in order to actually make progress, I must commit myself to some sort of schedule: in 2017 I want to try making one garment a month. I’ll keep you posted!