Bolachas de Aveia :: Oatmeal Biscuits

 

No mês passado fui passar uma manhã a casa de uma amiga. Como não gosto de aparecer em casa de alguém de mãos a abanar, resolvi levar-lhe umas bolachas. No entanto, a minha escolha de bolachas estava limitada por um factor importante: esta minha amiga não come coisas com glúten.
Na minha pesquisa online de receitas de bolachas sem glúten, apareceram-me muitas hipóteses com ingredientes estranhos e difíceis de encontrar. Mas não era nada daquilo que eu estava à procura… não me apetecia nada fazer uma receita cheia de substituições — queria simplesmente umas bolachas simples e honestas. A verdade é que cá em casa temos a sorte de não nos termos de preocupar com restrições alimentares (pelo menos por enquanto), por isso toda a ciência por trás das substituições ultrapassa-me… mas conheço um caso grave e nem imagino como deverá ser difícil ter de lidar com alergias perigosas diariamente.
A certa altura deparei-me com esta receita da Martha Stewart. Foi perfeita para a ocasião porque não utiliza farinha de trigo, só aveia, e as bolachas são deliciosas. Deixei de fora as passas e o extracto de baunilha e certifiquei-me de que as bolachas ficaram bem cozidas antes de as tirar do forno (eu normalmente tenho tendência para cozer de menos as bolachas, porque gosto delas relativamente moles, mas estas desfazem-se se não ficarem bem cozidas).
Na semana passada voltei a fazê-las, desta vez para uma senhora que está muito doente. E, mais uma vez, apercebi-me da razão pela qual gosto tanto de oferecer coisas feitas em casa. Há um envolvimento e um empenho dificilmente equiparáveis ao acto de comprar algo já feito. Claro que não temos necessariamente de fazer bolachas — pode ser uma carta, um desenho, um ramo de flores, uma almofada de alfazema. Ao oferecermos algo feito por nós, estamos a oferecer uma pequena parte de nós próprios. E é isso que torna o presente tão especial.
Last month I spent a morning at a friend’s house. Since I don’t like showing up at someone’s door without something on my hands, I thought I’d bake her some biscuits. However, my choice of biscuits was limited by a very important factor: my friend doesn’t eat gluten.
 
While I was searching online for a gluten-free recipe, I stumbled upon many options with strange or hard to find ingredients. But that wasn’t what I was looking for. I didn’t want a recipe full of substitutions — I just wanted to bake simple, honest biscuits. In our family we’re incredibly lucky not to have to deal with any allergies (at least for now) so the whole science behind substituting ingredients is very foreign to me… but I do know of one serious case and I can’t even imagine what it must be like to have to deal with dangerous allergies everyday.
 
Eventually I came across this Martha Stewart recipe. These cookies are wonderful! I left out both the raisins and the vanilla extract and I made sure the cookies were fully cooked before I took them out of the oven (usually I tend to under-bake cookies because I like them on the softer side but these are too crumbly if they’re not well done).
 
Last week I made them again, this time for a lady who is very sick. And I found myself reflecting once again on why I love giving away homemade things. When we make something for someone with our own hands, there’s a special involvement and effort that are hard to compare with something bought in a shop. Of course you don’t have to bake if you’re not into that —you can write a letter, make a drawing, put together a simple bouquet of flowers, sew a little lavender sachet. When you give away something made with your own hands, you’re of giving away a small part of yourself. And that’s what makes it so special.

14 thoughts on “Bolachas de Aveia :: Oatmeal Biscuits

  1. tarapatices says:

    Sem dúvida! É muito mais pessoal e mais apreciado por quem recebe. De momento estou em fase de testes para ver se tenho alguma intolerância ao glúten e se há coisa que me faz confusão é a questão das substituições, mas com o hábito deve tornar-se mais fácil! 🙂

    Like

  2. tarapatices says:

    Sem dúvida! É muito mais pessoal e mais apreciado por quem recebe. De momento estou em fase de testes para ver se tenho alguma intolerância ao glúten e se há coisa que me faz confusão é a questão das substituições, mas com o hábito deve tornar-se mais fácil! 🙂

    Like

  3. Encosta do Sol Artesanato says:

    Cuidado , a aveia tem glutem, eu sou celiaca e não posso comer aveia, trigo, centeio e cevada, é muito dificil , muitos produtos que nem imaginamos tem essas farinhas. Os celicos podem comer a farinha de arroz, farinhas de milho , fecula , farinha de grão e pouco mais.

    Like

  4. Lorenza says:

    Ils sont bien tentants ces biscuits mais il me semble bien que l'avoine contient du gluten… Personnellement, mon mélange préféré pour pâtisser sans gluten: Farines de riz/chataigne/sarazin, à parts égales!

    Like

  5. Catarina H. says:

    Oferecer algo feito por nós tem outro gosto. Quer dizer que se tirou um tempinho da nossa vida para se trabalhar em algo para outra pessoa, com carinho. Quanto à aveia e ao gluten, já foi tudo dito nos comentários acima. De qualquer modo, fica a intenção e isso é muito importante 🙂
    Boa semana

    Like

  6. Concha says:

    A aveia por si só não tem glúten, mas muitas vezes é contaminada durante o processamento em fábricas que também processam trigo e cevada. Os pacotes normalmente indicam o risco de contaminação, e também há aveia não contaminada à venda. Esta minha amiga não é celíaca, apenas escolheu não comer glúten, por isso come aveia sem problemas.

    Like

  7. Concha says:

    Catarina, esta minha amiga não é celíaca, apenas escolheu não comer glúten. Mas a aveia não contém glúten, poderá é ter sido contaminada durante o processamento do grão. É mais difícil encontrar à venda aveia não contaminada, mas existe. De qualquer maneira, esta minha amiga disse-me que come aveia sem problemas.

    Like

  8. Concha says:

    Lorenza, I'm going to reply to you in English because it's early in the morning and my French is pretty basic these days… especially when I'm feeling sleepy. 😉 Oats don't contain gluten, they contain avenin, but there is indeed a high risk of contamination during industrial processing. However, there are contamination-free oats on the market but they are harder to find. My friend isn't coeliac, she just chose not to eat gluten, so she can safely eat oats. I've also made her my granola once and she loved it. Thank you for your comment!

    Like

  9. sisforsewing says:

    Obrigada pela partilha, Constança! Vou adicionar mais esta receita à minha lista 🙂
    Cá em casa, temos o hábito das crianças fazerem algo para oferecer nos aniversários dos avós noutras ocasiões especiais. Normalmente, os mais novos escolhem fazer bolachas (adoram mexer a massa e provar no final) e ficam sempre super orgulhosos por oferecer algo feito por eles (como é obvio, são devidamente “reconhecidos” com imensos elogios …).

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s