Auto-retratos :: Self-Portraits

 

 

 

 

 

 

 

 

Não sou grande fotógrafa, mas acho que tenho um olho razoável e um dia gostava imenso de me dedicar a sério a aprender fotografia. Até lá vou-me divertindo com a máquina do Tiago e com o telemóvel. Comprei um iPhone assim que chegámos à NZ e fico contente por poder registado momentos que, de outra forma, ficariam esquecidos para sempre.
(Por vezes dou por mim a pensar como gostaria de ter podido fazer o mesmo durante os 3 anos em Inglaterra, e até mesmo em fases anteriores: o Inter-Rail pelo sul da Europa, o Erasmus em Paris, a faculdade, as viagens com as amigas, o namoro com o Tiago, a vida de recém-casada…)
Mas voltando às fotografias tiradas com o telemóvel — há uma aplicação que me diverte especialmente: o TimerCam. Conhecem-no? Não é mais do que um temporizador, mas permite 1- tirar auto-retratos em ângulos diferentes (sem ter de estender o braço); 2- apanhar momentos inesperados (especialmente com crianças, porque nunca sabemos o que vão fazer no segundo seguinte!).
Tenho um iPhone 4 e a câmara não é nada de especial, mas vai cumprindo as suas funções. Gosto imenso destas fotografias agora e sei que, um dia mais tarde, vou adorar rever estes vislumbres da nossa vida quotidiana.
I’m not a skilled photographer but I reckon I’ve got a reasonable eye and one day I’d love to dive deep into the world of photography. Until then I’ll keep playing with Tiago’s camera and my phone. I bought an iPhone as soon as we moved to NZ and I’m glad I’ve been able to register moments that would have otherwise been forgotten.
 
(Sometimes I find myself wishing that I could have done the same during those 3 years in England and even in other phases of my life: the Inter-Rail across southern Europe, the Erasmus in Paris, the university days, the trips I took with my friends, the first years with Tiago, life as a newly-wed…)
 
Anyway, back to iPhone photos — I’ve been having lots of fun with a particular app: TimerCam. Do you use it too? It’s just a timer, but it enables you to 1- take self-portraits in all sorts of angles (thus making the whole “reach-out-your-arm selfie” totally unnecessary) and 2- catch unexpected moments (this is especially true when you’re photographing children, as you never know what they’ll do next!).
 
I’ve got an iPhone 4 and even though the camera isn’t brilliant, it performs its function. I love these pictures now and I’m sure that, in a few years time, I’ll treasure these snippets of our daily life.
(photos© Constança Cabral)

4 thoughts on “Auto-retratos :: Self-Portraits

  1. Adriana Milagres says:

    Olá Constança , gostei muito das fotos e de ver os seus pequenos e sabe eu tenho dois filhos um que em 31 de agosto completou 15 anos e um menor que tem 7 anos, eu tirei muitas fotos deles ao longo desses anos e sabe de uma coisa?? Foi muito bom porque eles crescem numa velocidade espantosa e as fotos ficam de lembranças de momentos que vivemos e não voltam mais ! Nós mães gostamos disso é como viver e reviver cada momento com nossos filhos .Bjs e fiquem com Deus.

    Like

  2. lansucci says:

    Olá Constança, que fotos tão interessantes. A que tem o carrinho ao lado de você e do Tiago está muito linda. Ele nunca aparece,não é?
    Como estão lindos o Rodrigo e o Pedro.
    Sabe que aqui no Brasil há tantos celulares(de todos os tipos e marcas, e a maioria deles com câmera, quase tudo é registrado. É quase impossível passar um dia sem que a gente tire alguma foto. Algumas são preciosas e amamos, outras, nem tanto. Mas usamos para tudo. Registrar informações de uma embalagem, um documento, uma placa…sem dúvida pensa-se: Como é que vivíamos sem as cams dos celulares antes de existirem?
    Bjinho
    Lan…diretamente do outro lado da Terra.

    Like

  3. Cartuxa says:

    Olá Constança! Que giras estão as fotos! Também ando sempre de câmara em riste, ainda hoje fotografei os mais novos a sair para a escola: um às 7.10 da manhã, outro às 8 e o mais novo às 9. Tiro sempre fotos no 1º dia de escola, é giro ver como crescem. Aliás, tiro a todas as 1as vezes que me lembro: 1º banho, 1ª sopa, 1ª ida à praia, ao castelo mais próximo, 1ª viagem de comboio ou de camioneta… A família e amigos estão sempre a meter-se comigo por ter esta mania! Depois faço slideshows por tema que eles adoram rever. Aliás, um dos passatempos preferidos de qualquer um dos quatro é rever fotos e filmes de quando eram pequenos, encontrar parecenças e diferenças. Acho que uma das melhores invenções de sempre foram as máquinas de fotografar e filmar digitais.E os telefones com câmara, claro! O que eu sofria para fazer render os rolos e a desilusão que sentia quando os revelava e surgiam fotos tremidas ou com eles de olhos fechados!E já não havia nada a fazer… Bom dia e beijinhos Teresa

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s