Autumn :: Roasted Chestnuts

Apesar de não ser grande amiga de rotinas, vibro com rituais — daí dar tanta importância às estações do ano e a tudo o que elas representam. Um dos pontos altos do meu Outono é comer castanhas assadas, seja na rua (em Lisboa são vendidas em todas as esquinas de Outubro a Dezembro), seja em casa. Ontem assámos castanhas — distraímo-nos e ficaram demasiado tempo no forno, mas mesmo assim deu para matar saudades.
Although I’m not too keen on routines, I’m extremely fond of rituals — that’s why seasonal pleasures resonate so much with me. One of the high points of my autumn is eating roast chestnuts, either in the streets (they’re sold in every corner in Lisbon from October to December) or at home. Yesterday we roasted some — we lost track of time and overcooked them but even so they gave us a little taste of home.

(photos: Tiago Cabral)

19 thoughts on “Autumn :: Roasted Chestnuts

  1. Maria Eugénia Resende says:

    Pois é Concha, e este ano não tivemos o Verão de S. Martinho, porque chovia a potes.
    Boa continuação de uma gravidez, que me quer parecer, vai deixar saudades à jovem mamã…
    Um grande abraço,

    Gena

    PS: Parabéns pela ideia dos quilts. Soberba!

    Like

  2. lansucci says:

    Constança, gostaria de saber se é preciso deixar demolhada em água um tempo as castanhas antes de levá-las ao forno. Percebi que foram feitos cortes na casca, sim? No Brasil nós costumamos comê-las apenas cozidas em água, mas ano passado me apaixonei pelas que comi no Porto, assadas em chapas de metal na rua. Inesquecível aquele cheiro gostoso no ar e o sabor delas, melhor! Agradeço pela resposta.

    Like

  3. Concha says:

    Nós fazemos um pequeno corte, borrifamos com água, pomos sal grosso e depois forno!

    A minha avó, por exemplo, fá-las cozidas com erva-doce. No Brasil usam alguma erva?

    Like

  4. lansucci says:

    Entendi. Não, apenas colocamos para cozinhar na panela de pressão. Há quem coloque sal na água, eu não gosto de colocar, ponho depois. Mas também não faço corte na casca não. No inverno há muito pinhão para ser feito cozido assim também, você conhece? É fruto da araucária, muito comum no sul do Brasil. Com ele se faz muitas outras receitas. Busque no google.

    Like

  5. Ilona Katalin says:

    when I lived in your beautiful country I loved it … that coisa deliciosa… que aqui se encontra somente no sul do país…moro em SP!!! adorei comer essa delícia…em qq lugar onde estive vi a delícia em todos os lugares, com aquele cheiroso e quentinho ar!!! nunca esqueci!! qdo morei nos States vi também a fruta, mas nunca tão gostosa como a que encontrei aí na sua terra!! e sim… vc logo logo está em uma novidade em sua vida!! desejo que tudo venha bem e feliz!! bjos!

    Like

  6. Tina says:

    Para mim, filha de espanhóis é ritual comê-las cozidas no natal.
    Amei alembrança, as imagens (até copiei uma para usar o natal.
    Uma deliciosa semana pra vc 🙂

    Like

  7. crónicas da vida says:

    Ao olhar para as suas castanhas não pude deixar de lembrar as palavras de Herman no “Moeda de Troika” que vi na semana passada.

    Vídeo de Youtube, ao minuto 1:28…

    Confesso que ainda não experimentei a sugestão dele.

    Like

  8. Concha says:

    Olá Sónia,

    Nada de caixa de luz — só uma superfície branca, janela por trás e um reflector (+ tripé e algum Photoshop, claro). Mas desta vez quem fotografou foi o Tiago!

    Like

  9. Anonymous says:

    adoro castanhas.
    uma sugestão para as cozer: retirar metade da casca, colocar numa panela normal com água e sal e deixar cozer. ficam deliciosas.

    Like

  10. Patricia says:

    ola constanca, tambem eu adoro castanha assada, sabe-me especialmente bem aquelas que se compram em cada esquina de Lisboa, em casa ate prefiro cozidas, e algo que realmente nos faz ter saudades do nosso pais.
    bjinhos
    Patricia

    Like

  11. Vchapéus says:

    Também adoro o outono a cheirar a castanhas assadas, principalmente nas ruas de Lisboa onde têm um sabor especial. Este ano provei uma receita nova de castanhas cozidas: à erva doce juntar um pau de canela. Bons petiscos

    Like

  12. Cathy says:

    Olá!

    Castanhas assadas… hummmm… Que delícia quando são assim meio adocicadas e tenrinhas!!!

    Mas infelizmente este ano ainda não saboreei nenhuma! Aqui em Sines (onde moro) estão à venda nos supermercados, mas caras e de má qualidade tanto quanto tive a sorte (ou azar) de encontrar… Mas a ver se neste fim-de-semana me vingo em Lisboa!

    Like

  13. Filipa Sompy says:

    Bem que tentámos matar saudades das nossas belas castanhas assadas… Comprámos um saquinho com umas 12 castanhas e contentes assámos no forno, antecipando a hora de as comer já com água na boca!
    Chegada a hora esperada, só duas castanhas é que não estavam podres… que desilusão. 😦

    Essas parecem deliciosas!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s