Fascinators

De vez em quando dou-me ao luxo de passar uma tarde ociosa em casa da minha avó. Almoçamos, tomamos café, folheamos umas revistas e conversamos muito. Faço sempre imensas perguntas, umas com genuíno interesse histórico — “a Avó lembra-se da 2ª Guerra?” –, outras simplesmente tontas — “quando a Avó era pequena já havia frigorífico em casa?”. Há dias em que fico a saber que a minha bisavó gostava de fazer os próprios chapéus e em certas tardes experimento vestidos com 40 anos. Desta última vez que lá estive, foi a tarde de provar chapéus… que pena tive de não ter levado a máquina fotográfica! A propósito de um casamento a que irei daqui a uns tempos, trouxe para casa esta rede, para ver se me inspirava a fazer o meu próprio fascinator.
Once in a while I indulge myself with a lazy afternoon at my grandmother’s house. We have lunch, drink a cup of coffee, leaf through magazines and chat a lot. I always ask loads of questions, some of them with genuine historic interest — “Grandma, do you remember the II WW?” –, others plain silly — “when you were small was there a fridge in the house?”. Some days I learn that my great-grandmother enjoyed making her own hats, others I try on 40-year-old dresses. This last afternoon was spent trying on hats… what a pity I had left my camera at home! Since I’m attending a wedding soon and I want to make my own fascinator, grandma let me bring this net home to get some inspiration.


Vou levar um vestido roxo (estou mesmo convertida à cor da Páscoa) e acho que seria engraçado complementá-lo com acessórios em tons de azul. Lembrei-me de que cá tenho umas penas de pavão e fiz uma rosa de tecido; agora tenho de arranjar maneira de montar o arranjo de uma maneira minimamente airosa. Manter-vos-ei informadas dos progressos…
I’m going to wear a purple dress to that wedding (I’m fully converted to the Easter colour) and I think it would be fun to add blue accessories. I remembered I had some peacock feathers and made a fabric rose; now I have to find a way to arrange them together in a nice way. I’ll keep you posted…

(images: Constança Cabral)

8 thoughts on “Fascinators

  1. Bárbara da Suécia says:

    Olá Constanca!As avós são tão preciosas. Ensinam-nos e inspiram-nos tanto! Já não tenho avó mas passei muito tempo com ela e com ela aprendi muito. Também ela fazia costura, infelizmente não herdei esse dom. Também costumava experimentar os seus chapéus e vestidos e casacos dela e da mãe dela. Uma viagem no tempo….Adoro esses chapéus antigos.Já viste o filme Autumn in New York? A Winona Ryder também faz uns “chapéus” intressantes!Beijinhos e ÀS AVÓS!DaBárbara da Suécia

    Like

  2. Concha says:

    Teresa: esperemos que sim! Bom fim-de-semana também para si.Bárbara: vi esse filme há muitos anos e tenho uma vaga ideia disso… agora quero vê-lo outra vez!

    Like

  3. Bárbara da Suécia says:

    Olá Constanca!As avós são tão preciosas! Ensinam-nos e inspiram-nos tanto! Já não tenho avó mas tive a sorte de passar muito tempo com ela. Também costumava experimentar os seus chapéus e vestidos. Uma viagem no tempo…Também ela fazia costura, infelizmente não herdei esse dom!Já viste o filme “Autumn in New York”? A Winona Ryder faz lá uns chapéus intressantes!Beijinhos. E ÀS AVÓS!Da Bárbara

    Like

  4. Nanci says:

    I love that hat! Over on my blog, I had a similar experience with a friend who bought one of a kind hats and I showed a couple of them.So beautiful. Hand work of this kind is almost forgotten.I love your blog. Very lovely.Will be back again.Quilting is lovely too. You are lucky to have a grandmother who saved so much!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s